top of page
Buscar

Veja por que o Corretor de Seguros não pode ser MEI

O Corretor de Seguros não pode ser microempreendedor individual (MEI). Isso porque, segundo esclarece o Blog “Contabilizei”, a atividade realizada por esse profissional não consta na lista daquelas permitidas nesse sistema.

A razão alegada é que o Corretor de Seguros tem formação técnica, sendo considerado autônomo e não cumpre as regras da “atividade empresarial”.


Dessa forma, segundo as regras em vigor, além do Corretor de Seguros, não podem ser MEI profissionais que exercem atividades intelectuais como advogados, médicos, dentistas, engenheiros, desenvolvedores de software, programadores, entre outros.

O MEI é alguém que trabalha por conta própria em atividades não regulamentadas por entidades de classe.

Como os seguintes profissionais: artesão, cabeleireiro, eletricista, encanador, funileiro, motoboy, pedreiro, pintor, vendedor, entre muitos outros.

Para ter certeza se pode ou não ser MEI, o ideal é consultar as atividades MEI com o código de CNAE, que é o que determina as atividades de uma empresa, sendo obrigatória a todas as pessoas jurídicas, inclusive autônomos e organizações sem fins lucrativos.

O conceito do microempreendedor individual (MEI) foi desenvolvido em meados de 2008 com o objetivo de tirar os profissionais autônomos do trabalho completamente informal.

O teto de faturamento soma R$ 81 mil anuais.


Fonte: CQCS



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Marco legal é aprovado com sugestões da Fenacor

O Projeto de Lei Complementar (PLC) 29/17, conhecido como novo “marco legal” do mercado de seguros, foi aprovado no plenário do Senado nesta terça-feira (18) à noite, poucas horas após passar pela Com

Sincor-MG explica as principais mudanças do "novo DPVAT"

O plenário do Senado Federal aprovou, em maio, o projeto que determina a volta da cobrança do seguro para cobrir indenizações a vítimas de acidentes de trânsito, conhecido anteriormente como DPVAT. A

Comments


bottom of page