top of page
Buscar

9% da população brasileira possui planos de previdência privada aberta, indica estudo da Fenaprevi

São 11 milhões de pessoas que possuem planos de previdência privada aberta no país, equivalente a 9% da população adulta de acordo com o Censo Demográfico de 2022


De acordo com a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida — Fenaprevi, o mercado de planos de previdência privada aberta no país continua em expansão. Atualmente são 11 milhões de pessoas com planos de previdência privada no país, desses 8,8 milhões possuem planos individuais e o restante planos coletivos. Ao todo são 14,0 milhões de planos, no entanto, apenas 2,8 milhões na modalidade coletiva, indicando o potencial de crescimento do setor.


Ao todo, os planos de previdência privada aberta acumulam R$ 1,4 trilhão em ativos, aproximadamente 13% do PIB. Ao longo de janeiro a outubro de 2023, esse resultado apresenta um crescimento de 12,4% em relação ao mesmo período do ano passado.


Crescimento de 13,0% na captação líquida entre janeiro e outubro


No mesmo período, o montante arrecadado nos planos de previdência privada somou R$ 139,1 bilhões, alta de 7,2%. Já R$ 106,7 bilhões foram resgatados no ano, resultando em uma captação líquida de R$ 32,4 bilhões, 13,0% acima da registrada entre janeiro e outubro de 2022. Considerando apenas o resultado de outubro de 2023 foram arrecadados R$ 14,2 bilhões, crescimento de 15,4% em relação a outubro de 2022, resgatados R$ 10,6 bilhões, logo R$ 3,6 bilhões ficaram de saldo, alta de 8,8%.


VGBL como a modalidade favorita


O levantamento separa a arrecadação por tipo de contratação do plano de previdência. Os planos VGBL — Vida Gerador de Benefício Livre — foram responsáveis por R$ 127,3 bilhões, cerca de 91,5% do total e correspondem a 62% dos planos comercializados. Outros R$ 9,3 bilhões foram no PGBL – Plano Gerador de Benefício Livre — equivalente a 6,7% do total, e que representam 21% do total de planos. Os demais planos contratados foram os Tradicionais (17%) que arrecadaram R$ 2,5 bilhões, equivalente a 1,8% do total.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Marco legal é aprovado com sugestões da Fenacor

O Projeto de Lei Complementar (PLC) 29/17, conhecido como novo “marco legal” do mercado de seguros, foi aprovado no plenário do Senado nesta terça-feira (18) à noite, poucas horas após passar pela Com

Sincor-MG explica as principais mudanças do "novo DPVAT"

O plenário do Senado Federal aprovou, em maio, o projeto que determina a volta da cobrança do seguro para cobrir indenizações a vítimas de acidentes de trânsito, conhecido anteriormente como DPVAT. A

Comments


bottom of page